ARTIGOS


ENTRE UM ENCONTRO E UMA LIGAÇÃO

É muito comum nos dias de hoje encontrarmos em eventos pessoas que nos dão ampla atenção, fazem festinha e dizem: “liga pra mim...”.

Um dia resolvemos ligar e, quando ligamos, nos surpreendemos, pois aquela pessoa tão generosa entre bons pratos e bebidas não é tão simpática assim e, naquele momento, deve estar arrependida de ter pedido para ligar pra ela.

Simpatia-Jeca é assim que classifico este tipo de comportamento, algo muito longe de verdadeiras amizades.

Uma das mais lindas histórias que ouvi de amigos é a história de meu incrível amigo Moacyr Franco, ou melhor, o gênio, o cantor, o ator, um ser humano mais incrível que o artista, com sua amada Daniela.

Ele me contou, durante um de nossos encontros, que certa vez ligou para um amigo e foi atendido pela recepcionista da empresa, que lhe perguntou:

- Quem quer falar?

Ele respondeu:

- É um amigo dele, Moacyr Franco!
- Um minutinho! - respondeu ela.

Após esperar ao som de uma “musiquinha” ela volta e diz: vou transferir o Sr. e transfere a ligação.

Vem ao fone uma outra atendente: “sou a secretária do departamento, com quem o Sr. quer falar?”.

Ele responde:

- Quero falar com... Diga que é um amigo dele, Moacyr Franco!
- Um minutinho que vou transferir a ligação para a secretária dele.

Esta transfere para secretária do amigo que Moacyr tentava falar. Ela vem à linha e pergunta:

- Quem quer falar?
- Ele responde: diga que é um amigo dele, Moacyr Franco!

A secretária do Fulano diz:

- Aguarde um minutinho!

Volta ao telefone com Moacyr e pergunta:

- O Dr. Fulano mandou perguntar qual é o assunto!

Moacyr Franco responde:

- Agradeça a ele toda a atenção e diga que o assunto era apenas SAUDADE, mas que já passou, até logo!

Quantas vezes em nossa vida perdemos uma grande amizade, pelo simples fato de querermos apenas matar a Saudade?

É incrível o sentimento que muita gente tem que, quando outra pessoa lhe procura, é apenas em razão de necessidade ou favor. Aliás, a generalização tem sido imensa neste ponto.

Quando Moacyr Franco me liga, deixo tudo de lado e o atendo, imediatamente, pois sei que ali está um amigo com Saudade de nossa amizade através de seu coração de gênio e artista.

Cesar Romão
www.cesarromao.com.br
2007 © Copyright
Registrado conforme Lei nº 9.610/98

Imprimir Comente Enviar este artigo


volta