ARTIGOS


NUNCA LUSTRE A FERRADURA DE NINGUÉM

Existem muitas situações na vida que nem sempre a melhor solução é “engolir sapos” e soprar flores. Todo tipo de agressão emocional que recebemos causa uma determinada reação em nosso corpo e em nossa vida dependendo da maneira como respondemos a ela. Muitas pessoas terminam por viver de maneira desastrosa interiormente apenas para ficarem polidas no ambiente externo.

Muita gente por ai adora se prevalecer de algumas situações, e não economiza coices em quem está por perto, é um tipo de gente que adora lustrar suas ferraduras em pessoas com pouca habilidade de reação e terminam por saírem da situação com a ferradura lustrada deixando a outra parte agoniada e reprimida em sua vontade de dizer uma boas verdades.

Seja quem for, não permita mais que alguém lustre ferraduras em você, se acredita em suas idéias, seus sentimentos, seus projetos, deve discuti-los, deve defende-los dentro das ferramentas funcionais que possui, utilizando-se de uma persuasão ética, estabelecendo limites, pois quando permitimos que alguém lustre em nós suas ferraduras , a nossa “não-reação” deixa espaço para futuras investidas, limitar o grau de atuação de quem nos faz “engolir sapos” mostra que não somos tão frágeis e vulneráveis e nos coloca numa posição de mais respeito.

Quando desenvolvemos habilidade de reagirmos dentro de nossas convicções, as agressões costumeiras de quem adora lustrar ferraduras, fortalecemos nosso interior ao invés de fazer dele uma mesa de pileques-emocionais que vão exercer uma ação neutralizadora de nosso comportamento. As pessoas são impedidas de seguir seu caminho e construir seu alicerce de conceitos não pela atuação que aplicam em sua vida, mas sim pela inércia diante das adversidades e controvérsias que acontecem em sua vida.

Cesar Romão
www.cesarromao.com.br
2010 © Copyright
Registrado conforme Lei nº 9.610/98

Imprimir Comente Enviar este artigo


volta