ARTIGOS


QUAIS SÃO SEUS LIMITES?

      Você sabe que atinge seus limites quando:
      - Seu filho derruba macarrão na roupa de escola?
      - Seu marido deixa o jornal no chão da sala?
      - Sua mulher aperta a pasta dental bem no meio?
      - Seu chefe lhe dá uma bronca?
      - Sua namorada bate o telefone?
      - Seu time não ganha?
      É assim que você atinge seus limites hoje?
      Se você respondeu sim a alguma dessas perguntas, gostaria de mostrar-lhe algumas pequenas lições da vida...
            Os seus limites são as circunstâncias que lhe deram a vida que você leva agora!
      Talvez por não ir adiante ou não ousar mais do que conhece.
      É por isso que você chegou aí onde está agora!
      Mas, se analisarmos bem, falaremos que sempre falta, ou faltará, algo em nossa existência, não é mesmo?
      Eu concordo!
      Pode faltar sim, mas acho que a maior falta é a de coragem e entusiasmo para darmos um passo além, rumo ao desconhecido e obter o espaço que desejamos mas, que por outro lado, tanto tememos.
      Para exemplificar o que digo, sempre deixamos de arriscar um novo emprego por não conhecermos nosso limite profissional; de semear um novo amor, por não conhecermos nosso limite sentimental; de fazer novas amizades, por não conhecermos nosso limite de perdão; e, por fim, deixamos o universo divino se afastar, por não conhecermos nosso limite de fé.
      Eu acredito que superar os limites é pisar no degrau da escada da vida que ainda não existe, mas que passará a existir quando seu passo inspirar fé em cada movimento.
      Você pode e deve viver superando os seus limites, é assim que o ser humano cresce, em todas as direções, servindo de inspiração e exemplo em sua existência.
      Veja duas dicas que selecionei para você dar esses primeiros passos e começar a subir a sua própria escada.

      Seja uma pessoa aberta
      Toda razão prevalece até que encontra uma razão maior. Já ficou lá atrás o tempo em que uma opinião devia ser mantida durante uma vida toda, mesmo que isso significasse a sua destruição como pessoa. Muita gente jura amar a vida toda mas, para manter esse juramento para o qual nem estava preparada para fazer, finge amar a vida toda às custas de sua infelicidade em seu espaço de vida. Muitas das responsabilidades que assumimos em nossa vida tinham o tamanho de nosso bom senso, que talvez não fosse assim tão grande. Hoje, muitas pessoas se escravizam, por atitudes tomadas no dia de ontem, e para onde quer que caminhem carregam este pesado fardo.
      Vamos!
      Corte as amarras que lhe prendem a uma pessoa que você não quer ser, corte as amarras que lhe condicionam a ter atitudes que você não quer tomar...
      Seja uma pessoa aberta, aceite mudar, aceite novas idéias.
      O mundo vem mudando, você deve mudar com ele. Vá atrás da sua felicidade.
      Não viva com um modelo daquilo que poderia ser felicidade, mas que você sabe que nunca será.
      Liberte suas mãos para que elas possam indicar novas direções em sua estrada.
      Deixe de estar feliz para ser feliz!
      Esta é uma emoção que deve ser duradoura e não, apenas, momentânea.
      Abra seu coração, sua mente e sua alma e descobrirá que sua morada é privilegiada quando seus convidados chegarem.

      Não se anule, exponha suas idéias
      Não importa sua condição hierárquica ou sua submissão sentimental: exponha suas idéias.
      O velho papo de "ele é meu marido", "ele é meu pai", "ela é minha mãe" , "ele é meu chefe", "ela tem condição melhor que a minha"... não é, nem nunca será, uma boa maneira ou sinal de educação.
      É, na verdade, uma grande falta de respeito e consideração para com a sua própria pessoa.
      Esconder ou retrair aquilo que gostaria de expor é como cortar um lado nutritivo de sua capacidade.
      Pessoas são como árvores, têm de expandir-se e expor seus galhos, folhas e frutos.
      Mas, se a cada oportunidade para expor sua capacidade você se envergonha, ou acaba podando essa capacidade por algum preconceito, seu futuro será, ao invés de uma árvore frutífera e colorida, apenas um tronco oco, assim como muitas outras pessoas já o são.
      Envelhecemos mais rapidamente quando reprimimos nossa vontade de declaração, tornando-nos submissos de alguma situação por deficiência em reconhecer o nosso próprio grau de importância dentro do contexto.
      A fonte da juventude que sempre procuramos está dentro de nós mesmos.
      Devemos nos expressar, expor nossos sentimentos e mostrar nossas capacidades. Isso nos faz rejuvenescer a cada dia.
      Pense nisso e cada vez que achar que não deve guardar seu desejo de expressão, olhe-se no espelho e verá que esta ficando mais jovem.
      Se nunca haviam lhe dado um bom motivo para não se anular, espero que daqui por diante tenha um bem forte para aplicar no relacionamento com as pessoas e a vida.

      Agora é com você!
      Encare novas propostas e faça algumas concessões em sua vida.
      Exponha suas idéias, mesmo que pareçam absurdas ou tolas, pois os grandes mestres começaram com algumas que a maioria ridicularizou.
      Supere seus limites!

Cesar Romão
www.cesarromao.com.br
2005 © Copyright
Registrado conforme Lei nº 9.610/98

Imprimir Comente Enviar este artigo


volta