ARTIGOS


CUIDADO VENDEDOR, UM BOMBEIRO VAI LHE SUBSTITUIR...

Cuidado é a palavra que os profissionais de vendas deveriam cultuar pois, devido à ligação de suas atuações com resultados, as maneiras de transformar esforço em números promissores para as empresas, através do departamento de vendas, está fazendo muita pressão para ver a locomotiva apitar indicando a chegada na estação do cumprimento estratégico.

Em meus treinamentos motivacionais, ministrados no Exército Brasileiro, Força de Paz da ONU, Nações Amigas, Polícia Militar do Estado de São Paulo, sempre aprendi muito com estas organizações regidas pela normatização, disciplina e civismo. Mas, foi em um treinamento realizado no Corpo de Bombeiros que descobri o promissor futuro de um oficial da corporação de Bombeiros tem para o mercado de vendas.

Razão pela qual afirmo: cuidado vendedor, um Bombeiro vai lhe substituir...

Além de ministrar meu treinamento motivacional, pude interagir no treinamento destes profissionais e descobrir fatores especiais em seu Manual de Procedimentos e atuação de qualificação para a corporação de Bombeiros.

Em concursos, uma centena de vagas é disputada, milhares de pessoas se inscrevem, pelos mais variados motivos, um dos menores percentuais é pela aptidão pela carreira de Bombeiro. Tem muita gente por aí entrando em disputa de vagas na área de vendas por muitas razões, e a de menor percentual é a aptidão para a profissão.

Aqueles que conseguem pertencer à corporação de Bombeiros terminam por participar de longos treinamentos e apaixonam-se pela carreira, outros não suportam as exigências do treinamento e abandonam a carreira. Também tem vendedores que, quando conseguem a vaga, passam por muitos treinamentos e apaixonam-se pela profissão, outros não suportam o treinamento e deixam a profissão.

Porém o treinamento realizado pelos Bombeiros em sua Academia não é simplesmente para apagar incêndios, mas sim transformar aquelas pessoas em heróis disponíveis e palpáveis de nossa sociedade e, para isso, o preço não é tão pequeno.

Durante todo treinamento o foco maior é transformar aquele profissional numa verdadeira convergência de competências, pois um Bombeiro fica extremamente hábil em diversas atividades e extremamente especialista em outras. Um Bombeiro torna-se um ótimo nadador, mergulhador, motorista, condutor de barcos, piloto de helicóptero, marceneiro, carpinteiro, pedreiro, negociador, estrategista, psicólogo, engenheiro...

Pois todas estas aptidões são primordiais em sua missão de salvar vidas. Imagine se ele não tivesse todas estas competências em meio às tantas ocorrências onde vidas estão sempre em jogo. O preço para salvar vidas é tornar-se especialista em vida e os meios de preservá-la, mesmo que ao custo da sua própria vida.

Um Bombeiro em seu Posto de atuação, quando recebe uma informação de ocorrência tem apenas um minuto, repito, um minuto, para estar com sua equipe na rua a caminho da ocorrência. Caso este tempo não seja atendido, ele responde com severas punições administrativas, até mesmo comprometendo sua estada na corporação.

Tem vendedor que recebe um calendário de trinta dias, com oito horas por dia, para estar em campo atendendo a ocorrência de fazer negócios e ainda acha pouco, encontrando tempo para criticar sua empresa em relação à estratégia.

Um Bombeiro além de ter um tempo como o relatado para entrar em ação, ainda precisa entrar em ação com total domínio da operacionalidade de seus recursos, ou seja, os equipamentos todos que fará uso durante sua atuação. Eis funcionalidade, agilidade e operacionalidade em tempo hábil.

Tem vendedor que recebe desde palmtop a fones via satélite e não consegue fazer uso adequado de seus recursos. Esse está longe da funcionalidade, da agilidade e da operacionalidade em tempo hábil.

Um Bombeiro desenvolve técnicas de negociação que afastam pessoas prestes a cometerem suicídio do parapeito de prédios, tem vendedores que desenvolvem técnicas de negociação e levam o cliente ao suicídio.

Um Bombeiro aperfeiçoa ações comportamentais que estabelecem uma relação de respeito, confiança e segurança para com seus interlocutores na hora do perigo. Por outro lado, tem vendedor que possui ações comportamentais que colocam seu cliente e sua própria empresa em perigo.

Um Bombeiro enfrenta calamidades e tragédias com racionalidade e foco nas vidas a serem salvas, colocando a sua própria vida em jogo, pois sua missão está acima de seus próprios interesses. Tem vendedor que causa calamidades e tragédias com irracionalidade focando sua própria vida, colocando seus interesses acima de qualquer outro.

Um Bombeiro realiza e cumpre sua missão sem intenção em se tornar herói, mas termina se tornando um, pelo reconhecimento espontâneo de uma sociedade agradecida. Tem vendedor que cumpre sua missão, só para se tornar herói, não se importando por quantos terá de passar por cima.

Um Bombeiro não se corrompe por salvamentos fáceis, nem foge dos difíceis. Enquanto tem vendedor que foge dos desafios e corrompe facilmente seu cliente, facilitando as coisas para si.

Muitas vezes um Bombeiro se separa de sua equipe em meio a um grande perigo, mas nem por isso abandona sua missão de salvamento: ele cumpre suas regras e sabe que lá na frente sua equipe está procurando por ele. Tem vendedor que, em meio à ameaça de ser superado, abandona sua ética de equipe e vai bem lá na frente para ninguém procurá-lo.

Um Bombeiro é um super-herói anônimo e sempre pronto para entrar em ação. Enquanto isso tem vendedor que se não for herói aos “quatro ventos” nunca estará pronto para entrar em ação.

Então, profissional de vendas, cuidado! Se um Bombeiro buscar uma vaga em sua organização, seu emprego está em sério risco, pois além de todas as competências primordiais que um Bombeiro desenvolve, todas minuciosamente utilizáveis em vendas e indispensáveis ao sucesso de profissionais de vendas, ele é um grande vendedor.

Eu mesmo quando era criança, assim como milhares de crianças do passado e milhares de crianças do futuro, quando perguntadas sobre qual profissão desejariam seguir, uma das mais mencionadas era e é: “vou ser Bombeiro”, não há nenhuma menção à frase: “vou ser Vendedor” nesta pesquisa de profissões.

Ele se vende tão bem dentro de seu contexto profissional, que quando alguém está em perigo eminente da própria vida, um Bombeiro estica sua mão e diz: “pode pular, você está seguro, embora a pessoa não tenha a mínima convicção disto ou a mínima percepção disto, esta mesma pessoa, sente-se tão segura nas mãos daquele profissional que, naquele momento, está lhe vendendo a chance de salvar-se, e entrega nas mãos do Bombeiro sua própria vida”.

- Qual cliente entregaria sua própria vida nas mãos de um vendedor?
- Seu cliente está seguro nas mãos de seu vendedor?

Vender é a arte de criar e transferir emoções, sempre causando muita satisfação em quem lhe confiou a possibilidade de prestar um serviço, e isto o Bombeiro faz muito bem.

Cesar Romão
www.cesarromao.com.br
2005 © Copyright
Registrado conforme Lei nº 9.610/98

Imprimir Comente Enviar este artigo


volta